Translate

domingo, 15 de setembro de 2013

"Lavadeira Portuguesa" - "Portuguese Washerwoman"


Dada a história de sucesso que o braguinha (machete de Braga) teve na sua chegada ao Hawaii levado pelos emigrantes madeirenses, questionei-me se não restaria na tradição musical havaiana, alguma música que tivesse raízes portuguesas, da que foi tocada no braguinha pelos nossos antepassados.

Ou teria apenas sobrevivido o instrumento musical?

Na pesquisa que fiz em Novembro de 2009 (há já algum tempo portanto)  encontrei na net uma música chamada "Portuguese Washerwoman" tocada por um conjunto havaiano "Ballles 1000", cujos músicos são pai e dois filhos, no caso deles, havaianos de ascendência portorriquenha.

Como a música, para além daquele nome suspeito, me fez lembrar música de tradição portuguesa, contactei o grupo. Mike Balles, o líder do grupo  (de 57 anos na altura), confirmou que aquela música lhes foi passada pelos seus antepassados, e sim, pensam que é de origem portuguesa, tendo sido tornada famosa por Sonny Chillingworth no Hawaii nos anos 50's.

Ouçam esta pequena maravilha!   https://www.youtube.com/watch?v=ETYvRDJsTJE

A música tem de base quatro temas simples e todos eles me pareciam ser familiares do modo rasgado de se tocar cavaquinho solando ao mesmo tempo na última corda.

Havia que experimentar...

Aqui deixo um registo da minha (26ª!...) tentativa de uma interpretação decente dessa música em cavaquinho.



Seja ou não seja de raiz portuguesa é possível toca-la e soar bem ao estilo "pulga saltitante". 

Mas um musicólogo poderá melhor ajuizar de quanto do seu ADN foi transportado com o primeiro braguinha ouvido no Hawaii.

1 comentário:

  1. ..n~ao sabia de sua página, tem muito interesse para mim.Aproveito o ensejo para perguntar o seguinte-pintei no tampo de um exemplar cavaquinho um par em figura de dança minhota e redondeei o tampo em baixo com um ramalhete..DISSERAM-ME que tal não é permitido, pois não se enquadra no principio das tradições do povo...quem leu como eu as obras do J Leite de Vasconcellos..ele não diz isso-o popular é traduzir o brio e gosto pelo instrumento, por forma de prazer..não o destoando de sua construção...tal como a bordadeira fazia os seus bordados de amor...tal com o o padeiro desenha o seu pão a cozer...tal como músico enfeita o seu instrumento...como o romeiro desenha na sua cabaça...sendo assim é CULTURAL E NÃO É ANTI FOLCLORE O QUE FIZ ??? ou e'???-agradeço sua sábia ajuda.Cump/Tavares/Maia

    ResponderEliminar